br ar    v a l v

Miguel Viegas e António José Macedo solidários com os agricultores da Marinha PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Coordenadora Distrital de Aveiro da CDU   
Segunda, 10 Agosto 2009 11:42
Etiquetas:
Miguel Viegas e António Macedo estiveram presentes em representação da CDU

Numa acção de solidariedade com os agricultores, Miguel Viegas e António José Macedo, ambos candidatos da CDU às próximas eleições legislativas, estiveram este fim de semana na Marinha (freguesia do concelho de Ovar), onde tiveram oportunidade de verificar os elevados prejuízos causados pala invasão das águas salgadas da ria de Aveiro nos extensos campos de milho.

Com ambos os candidatos frisaram, este problema não é novidade na medida em que decorre das obras realizadas ao longo dos últimos anos no porto de Aveiro. Ao alargar a barra do porto de Aveiro e com as respectivas operações de dragagens a partir das quais foram retiradas milhões de toneladas de areias, os efeitos das marés começaram a fazer-se sentir ao nível de toda a Ria de Aveiro. De alguns anos para cá e à medida que as obras referidas iam avançando, as amplitudes de marés foram crescendo, invadindo áreas cada vez mais extensas de terrenos de cultivo, com especial gravidade nas marés vivas de verão.

 

Campos de milho inutilizados

Embora toda esta situação fosse previsível, a verdade é que não foram tomadas medidas com vista à defesa dos interesses dos agricultores que vêem agora as suas terras e respectivas plantações literalmente queimadas pela água salgada e condenadas ficarem inférteis durante os próximos anos. Num momento em que está em curso o Polis da Ria de Aveiro, pena é, como disse António José Macedo, que o mesmo não trate de salvaguardar as actividades produtivas. Muitos milhões irão ser gastos para o turismo, mas pelos vistos nem um cêntimo para a defesa da nossa agricultura e particularmente para o sector leiteiro, tão importante para esta região e para o país.

 

Delegação da CDU com agricultores num dos locais afectados

A CDU, pela voz dos seus candidatos apelou a todos para continuar a luta, marcando presença na próxima segunda feira na Câmara Municipal de Ovar onde serão recebidos pelo respectivo executivo a quem deverão exigir medidas concretas para resolver este problema que dura há já tempo demais, agravando-se de ano para ano.