br ar    v a l v

Festa do Avante 2017 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Quarta, 16 Agosto 2017 00:52

Venda de EP's para a Festa do Avante!O Centro de Trabalho de Ovar estará aberto todos os dias de 16 de Agosto a 1 de Setembro (excepto domingos) nos horários que se seguem.
Compra já a tua EP!

Festa do Avante 2017

 
Convívio Regional CDU - Buçaquinho Cortegaça PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Coordenadora da CDU Ovar   
Quinta, 06 Julho 2017 16:29

Camarada e amigo/a,

No próximo dia 15 de Julho, sábado, terá lugar no Parque do Buçaquinho, em Cortegaça - Ovar, o grande convívio regional da CDU.

Esta importante iniciativa é aberta a todos os candidatos, activistas e simpatizantes da CDU de todo o distrito de Aveiro e contará com a participação do camarada Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral do PCP.

Como é habitual, nela haverá almoço, seguido de um momento musical e, posteriormente, algumas intervenções.

Apelamos a que divulgues junto dos teus amigos, colegas e camaradas e participes. Para facilitar a divulgação enviamos em anexo o cartaz da iniciativa.

Solicitamos que, logo que possível, possas informar junto do responsável do teu concelho sobre a tua participação, para que possamos organizar tudo com tempo e garantir que as quantidades das comidas e bebidas são adequadas à participação, evitando desperdícios ou carência de alguma coisa.

Contamos contigo!

Saudações,

A CDU / distrito de Aveiro

Convívio Regional CDU 2017

 
Debate: Que Futuro para o Nosso Hospital? | Quinta 22 Junho, 21h30 | Auditório Junta Freguesia Ovar PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Coordenadora de Ovar da CDU   
Segunda, 19 Junho 2017 13:22

A CDU convida a população para o Debate Qualidade, Proximidade, Autonomia - Que futuro para o nosso Hospital? que terá lugar no próximo dia 22 de Junho (quinta-feira) às 21h30 no Auditório da Junta de Freguesia de Ovar. (MAPA: https://goo.gl/maps/ujKqvBqiTk42)

O debate terá como moderadora Maria Helena Silva, Coordenadora Técnica do Hospital de Ovar, e contará com a presença de:

  • Sérgio Vinagre, Médico Especialista em Saúde Pública
  • Conceição Graça, Fisioterapeuta no Hospital de Ovar
  • Carlos Jorge Silva, investigador e membro da Comissão Concelhia de Ovar do PCP

O debate e esclarecimento de todos é importante. Por isso contamos com a presença de todos aqueles interessados em defender o nosso Hospital, bem como de todos os contactos que possam mobilizar.

Debate: Que Futuro para o Nosso Hospital? | Quinta 22/Junho, 21h30 | Auditório Junta Freguesia Ovar

 
Carlos Jorge Silva revisita Bairro do Lamarão PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Coordenadora de Ovar da CDU   
Quinta, 15 Junho 2017 23:06

Carlos Jorge Silva revisita Bairro do Lamarão

A CDU tem uma visão singular sobre a importância de manter a identidade e qualidade de vida dos Bairros Sociais e Populares de Ovar. No quadro da Assembleia Municipal a CDU já debateu por diversas ocasiões este tema, expondo a sua concepção durante a discussão quer da Área de Reabilitação Urbana (ARU) do Centro Histórico de Ovar, quer da revisão do Plano Director Municipal (PDM).

Sobre esta matéria a CDU, através do seu eleito na Assembleia Municipal, Miguel Jeri, contestou a excessiva centralidade da Área de Reabilitação Urbana (ARU), exigindo uma política de urbanização municipal que vá ao encontro de toda a matriz social de Ovar. Neste âmbito, considera que é tempo para lavar a cara aos diferentes bairros e ruas típicas, tornando-os também num factor de atractividade da cidade de Ovar, melhorando a sua exposição, dinamizando a sua actividade económica, garantindo habitação condigna, criando espaços aprazíveis para mais actividades lúdicas e sócios-culturais gerando assim múltiplos factores de integração social.

Assim, a CDU defende que a política urbana municipal não deve tocar exclusivamente no centro histórico, mas que, pelo contrário, deve identificar pólos de reabilitação em cada um dos seus bairros e ruas e respectiva identidade, criando uma cidade mais rica e diversificada. São disto exemplo vários bairros e ruas típicas: o Lamarão, o Bairro da Misericórdia, Bairro 25 de Abril, Bairro São José, Rua Castilho, Rua Licínio de Carvalho, Rua Ferreira Menéres e a Rua Capitão Leitão, entre outros.

Carlos Jorge Silva revisita Bairro do LamarãoMas a CDU não fica pelo debate. Inserida numa prática de trabalho de visitas regulares (e não apenas em vésperas de eleições) para ouvir as necessidades mais prementes e urgentes, uma delegação da CDU voltou uma vez mais ao Bairro do Lamarão para saber se as suas reivindicações anteriores já haviam sido acudidas. A delegação incluiu a presença de Carlos Jorge Silva, candidato à Câmara Municipal, que nos contactos efectuados pôde constatar que nenhum dos problemas levantados anteriormente foram resolvidos.

Recorde-se:

  • O “acantonamento” de moradores em casas rudimentares num beco denominado de “Rua do Poço”, junto à Travessa Dr. Cunha
  • As 4 casas nesta zona que não dispõem água potável canalizada
  • As 6 casas que não têm acesso a saneamento básico
  • A degradação (quando existem) dos passeios em todo o Bairro do Lamarão (Rua Dr. Cunha, Travessa Dr. Cunha e “Rua do Poço”)
  • A indefinição entre as vias pedonais e a via rodoviária presente em todo o Bairro
  • As várias grades das águas pluviais que apresentam sinais de cedência, sendo algumas delas, pela sua dimensão, veículo de maus cheiros.

Carlos Jorge Silva revisita Bairro do Lamarão


Perante a última visita, a estes problemas a CDU acrescenta:

  • O aumento de casas devolutas no Lamarão
  • A sistemática infestação de insectos provenientes de casas desabitadas, do arcaico sistema de águas pluviais e do manancial de orifícios e ranhuras característicos de um bairro em contínua degradação.

Posto isto, a CDU reitera a necessidade do Município de Ovar se prontificar a resolver estes problemas com a máxima urgência possível.

A CDU apresenta um projecto autárquico de valorização das zonas habitacionais, especialmente as mais esquecidas por este e outros executivos camarários. Neste sentido são fundamentais políticas de promoção da regeneração urbana que incluam estas áreas, bem como investimentos directos da Câmara nos arranjos dos espaços comuns (rede viária, passeios, rede de águas pluviais) e ainda na criação de infra-estruturas necessárias ao bem-estar da população (parques infantis, estruturas de apoio à actividade física, entre outras). A CDU continuará, como sempre o fez, a acompanhar a situação dos bairros sociais e populares de Ovar, lutando pela melhoria da qualidade de vida de quem lá habita.

Carlos Jorge Silva revisita Bairro do Lamarão

Carlos Jorge Silva revisita Bairro do Lamarão

Carlos Jorge Silva revisita Bairro do Lamarão

 
Petição em defesa do Hospital de Ovar já reuniu milhares de assinaturas em todo o concelho PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Coordenadora de Ovar da CDU   
Segunda, 12 Junho 2017 21:21

Petição "Por um Hospital de Ovar de Qualidade, de Proximidade e com Autonomia"


A petição em defesa de um Hospital de Ovar de qualidade, de proximidade e com autonomia já reuniu milhares de assinaturas. Nas últimas semanas os activistas da CDU - e dezenas de voluntários que se juntaram à causa de defesa do nosso Hospital - desdobraram-se em contactos junto da população, levando o abaixo-assinado a todas as freguesias do Município.

Os promotores da petição criaram ainda uma página na Internet que reúne toda a informação relevante, e ainda flyers a cartazes, e que pode ser acedida através do endereço http://ovar.pcp.pt/local/actividade/1132-peticao-por-um-hospital-de-ovar-de-qualidade-de-proximidade-e-com-autonomia

Nesta página os voluntários podem ainda descarregar a petição em formato PDF para, de forma autónoma, recolher assinaturas, devendo apenas articular-se com a organização. Está ainda disponível uma lista de locais de acesso público (cafés e outros estabelecimentos) no nosso município onde a petição pode ser assinada.

A petição tem sido extremamente bem acolhida pela população, obtendo um êxito surpreendente: em poucas semanas já alcançou mais de 3200 assinaturas, sendo certo que grande parte deste trabalho se deve à mobilização da população para esta causa que lhe diz respeito.

São necessárias 4000 assinaturas para que esta matéria seja debatida na Assembleia da República. Recorde-se que as quatro grandes reivindicações dos peticionários são:

  • A inclusão, no Orçamento Geral do Estado para 2018, da verba necessária às obras no Bloco Operatório do Hospital Dr. Francisco Zagalo, em Ovar;
  • A manutenção da autonomia do Hospital Dr. Francisco Zagalo, não o integrando numa eventual ULS de Entre Douro e Vouga (ULS-EDV), e garantindo sempre o seu funcionamento em rede com as outras unidades do Serviço Nacional de Saúde;
  • A reabertura do Serviço de Urgência no Hospital de Ovar;
  • A integração dos profissionais com vínculo precário, muitos com décadas de serviço, nos quadros do Hospital.

A CDU continuará empenhada nesta campanha de mobilização, esclarecimento e debate, tendo em vista a manutenção da autonomia de um Hospital que tem prestado serviços de saúde de excelência à população concelho, factos aliás corroborados pelos recentes resultados do SINAS/ERS, onde obteve a máxima classificação.

Petição "Por um Hospital de Ovar de Qualidade, de Proximidade e com Autonomia"

Petição "Por um Hospital de Ovar de Qualidade, de Proximidade e com Autonomia"

Petição "Por um Hospital de Ovar de Qualidade, de Proximidade e com Autonomia"

 
Diana Ferreira, deputada do PCP, acompanha a requalificação da Barrinha de Esmoriz/Lagoa de Paramos PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Gabinete de Imprensa da DORAV do PCP   
Quinta, 08 Junho 2017 22:20

A Barrinha de Esmoriz/Lagoa de Paramos (BE/LP) é uma lagoa costeira de média dimensão, que comunica com o Atlântico através de um canal aberto e fechado por acção da natureza ou do homem, tendo como afluentes a Ribeira de Rio-Maior (a norte) e a Vala de Maceda (a sul). 

Este sítio tem relevância ornitológica e florística, devido à presença do endemismo ibérico "Jasione lusitanica", e até piscícola devido à ocorrência de lampreia-de-riacho, não sendo por acaso que está integrado na Rede Natura 2000, pois é classificado como Sítio de Importância Comunitária (SIC), comprovando não só a sua importância, mas sobretudo atribuindo muita responsabilidade à sua conservação ambiental.

Não é isto que se tem verificado ao longo de décadas, uma vez que tanto os sucessivos governos PS,PSD e CDS/PP, como os sucessivos executivos camarários PS e PSD, não têm dado a devida importância à BE/LP, pois só agora promovem acções de valorização deste sítio, não se tendo notado da sua parte um papel activo na fiscalização ambiental da BE/LP. Como resultado, esta lagoa tem sido fustigada por descargas de efluentes contaminados de origem doméstica e sobretudo industrial, degradando os recursos naturais e prejudicando a actividade económica de pequenas famílias que sazonalmente viviam da pesca nesta lagoa.

Pelo valor ambiental e pela sua importância para as populações, Diana Ferreira, deputada do PCP na Assembleia da República, acompanhada por duas delegações das comissões concelhias de Espinho e de Ovar do PCP, esteve de visita à BE/LP para acompanhar a obra de requalificação desta lagoa costeira. Desta forma, testemunhou o avanço da requalificação, quanto às infra-estruturas, à reflorestação e dragagem do respectivo leito.

Mesmo depois de décadas de recriminações públicas entre os executivos municipais de Ovar e Espinho, e de PS, PSD e CDS terem inviabilizado, em diversas ocasiões, as propostas apresentadas pelo PCP, em sede do PIDAC, (Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central), com vista à intervenção na Lagoa de Paramos/Barrinha de Esmoriz, o PCP compartilha a vontade de requalificar esta área. Porém, e para já, não deixa de colocar as devidas reservas nos pontos seguintes:

1. Prazos de conclusão e desvios orçamentais da obra;

2. O encaminhamento dado às perigosas lamas provenientes da dragagem da lagoa, por levantar dúvidas quanto ao seu impacto no ambiente e na saúde pública;

3. A resolução definitiva dos grandes problemas ambientais deste sítio, que são as descargas de efluentes contaminados na BE/LP. Não deixa de ser curioso que para garantir a qualidade balnear da praia de Esmoriz se tenha que adoptar uma solução tecnológica - o “dique fusível” - e não se possa combater as causas a montante.

O PCP, através dos seus eleitos na Assembleia da República e Assembleias Municipais, levantará as questões necessárias no sentido de promover o esclarecimento público, garantir os direitos da população e defender o meio ambiente.

Barrinha de Esmoriz


 
PCP enaltece excelentes resultados do Hospital de Ovar na avaliação da ERS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Comissão Concelhia de Ovar do PCP   
Quinta, 08 Junho 2017 16:00

PCP enaltece excelentes resultados do Hospital de Ovar na avaliação da ERS

O Sistema Nacional de Avaliação em Saúde da Entidade Reguladora (SINAS) procedeu recentemente à publicitação dos resultados no seu site, sendo público que a Área de Cirurgia de Ambulatório e a Área de Ortopedia, do Hospital de Ovar, obtiveram classificação de Nível de Qualidade III, ou seja, a categoria de classificação superior.

O PCP saúda os trabalhadores do Hospital de Ovar e o seu profissionalismo, reconhecendo ainda o esforço do actual Concelho de Administração na garantia de um hospital de proximidade e de qualidade. Num contexto em que este hospital corre o sério risco de vir a ser integrado numa mega Unidade Local de Saúde, o PCP não pode deixar de salientar que estes resultados reforçam a necessidade de manter a autonomia deste Hospital, essencial para a garantia de um serviços de qualidade e adequado às necessidades da população.

O PCP continuará a exigir ainda, junto do Ministério, a integração dos profissionais precários como condição necessária para a melhoria contínua dos serviços de saúde.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 133